sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Mais velocidade e mais eficiência - Internet em Jaíba funcionará com fibra ótica


CABO de fibra ótica
Já no início de 2018, grande parte dos usuários de internet terá em suas residências ou em suas empresas, um serviço de melhor qualidade proporcionando mais velocidade e uma eficiência mais satisfatória. Garante os fornecedores do serviço em Jaíba que estão fazendo grandes investimentos para aperfeiçoamento desta prestação de serviços.
Geralmente a interligação entre cidades do sistema de fibra ótica é feito de forma subterrânea instalada na maioria das vezes ao lado de rodovias. No caso específico de Jaíba a ligação é chegada via rádio profissional. Os fornecedores de internet de Jaíba usarão a linha de transmissão da operadora de telefonia TIM que tem nesta região Norte Mineira uma rede subterrânea que acompanha de forma paralela a linha de estação férrea que sai da capital mineira e segue para o a região do Nordeste Brasileiro.
A transmissão via rádio profissional que chegará em Jaíba virá da estação férrea da cidade de Catuti ou de Capitão Eneas. A transmissão de fibra ótica que passa ao lado da linha férrea na vizinha Janaúba não possui ponto de ligação para atendimento a outras cidades.
O sistema de ligação via fibra ótica é um sistema de fiação diferenciado, onde as ondas são conduzidas através de um feixe de luz (luminosidade especial) enquanto os fios de cobre ou outro metal, a condução é feita por ondas eletromagnéticas, daí o sofrimento de interferências do tempo, como chuvas, ventos, frio, calor, etc.
O sistema de fibra ótica chegará no próximo mês de janeiro via rádio profissional até às torres dos fornecedores, e estas farão chegar até os domicílios dos usuários via cabo de fibra ótica, acabando assim com as antenas instaladas nas residências ou nos comércios locais. O link de internet que é comprado da TIM e revendido aos usuários será transportado dentro da área urbana de Jaíba através dos postes da Cemig que recebe um pagamento pelo aluguel do serviço de transmissão. Este modelo inicialmente será oferecido apenas na área urbana devido a fiação instalada nos postes.
A capacidade de internet em Jaíba atualmente é oferecida até 5 MB (megabytes), e agora com este novo sistema, até 20 MB pode ser instalado para cada consumidor, sem nenhuma oscilação e nem queda de qualidade. Lembrando que a rede ótica da TIM é independente da sua linha telefônica. Se uma sai do ar, a outra não. Outra grande vantagem abordada pelos fornecedores em Jaíba é que irá reduzir ou acabar com a manutenção nas residências, diante da grande eficiência do novo modelo.
Outra grande vantagem do sistema de fibra ótica é sua possível utilização para implementar as câmaras de olho vivo nas vias urbanas da cidade, onde as mesmas poderão funcionar até mesmo sem o uso da internet, apenas com a ligação no cabeamento aéreo instalado em todos os poste da cidade. Inicialmente apenas dois fornecedores de Jaíba estarão aderindo a este sistema, a Vianorte e a ClickNet.
LIGAÇÃO urbana em postes

LAVANDO A ROUPA SUJA Prefeitura de Jaíba quita salários atrasados dos servidores municipais da época do ex-prefeito Wellington e promete quitar em 2018 do ex-prefeito Sildete Araujo

A Prefeitura de Jaíba quitou na primeira quinzena deste mês de dezembro, os salários em atraso que estavam pendentes desde a Administração de 2008, do então Prefeito Wellington. Várias ações judiciais estavam há tempos tramitando na justiça, no fórum de Manga, sem nenhuma solução.
Naquela época 592 servidores do município ficaram sem receber os seus salários do mês de dezembro e o décimo terceiro. O valor não pago no período foi de 443.000,00.
A atual administração fez um acordo com os servidores para quitação dos valores em atraso, dividindo-os em seis parcelas, que foram de julho a dezembro, sendo quitada a ultima neste mês de dezembro.
Para o Prefeito Reginaldo Silva, o acordo foi realizado em respeito aos servidores, que cumpriram o seu papel e que não podem ser penalizados por más administrações, e que, na sua gestão compromisso feito é compromisso cumprido.

Para o próximo ano, segundo o Prefeito Reginaldo Silva, será viabilizado recursos para quitar pagamentos em atrasos do ano de 2012 da gestão do ex-prefeito Sildete Araujo, e com isso os servidores acabarão de vez com tormento de conviver com o fantasma do calote em seus suados vencimentos.

Academia e ambulância para NS1 no Projeto Jaíba

REGINALDO com lideranças locais do NS1
Desta vez foi a comunidade do NS1 (Projeto Jaíba), a contemplada com a academia ao ar livre. Neste ano de 2017 várias praças e várias localidades já receberam este benefício e outras ainda irão receber dentro de um cronograma já elaborado pelo setor municipal de planejamento estratégico.
Mesmo debaixo de muita chuva, lideranças locais e grande parte da comunidade compareceram à cerimônia de entrega desta academia. A festa de entrega aconteceu no último dia 13 na comunidade e contou com a presença do Prefeito Reginaldo Silva, secretários, dos Vereadores Tone Silvestre e Dezim, além de muitas outras lideranças locais.
Em seu pronunciamento o Prefeito Reginaldo, fez questão de destacar que o Projeto Jaíba, que em outros tempos era visto em segundo plano terá a mesma prioridade da sede do município, e que isso, reflete o respeito que a sua administração tem com a população deste grandioso Projeto. A academia entregue foi fruto de emenda parlamentar do Deputado Estadual Tadeuzinho.

A comunidade do NS1 foi contemplada também com um veiculo ambulância Fiat, que atenderá as demandas de saúde da comunidade. Para Zé Valci, morador da comunidade, as ações do prefeito Reginaldo Silva, representam respeito pelo Projeto Jaíba e o cumprimento de compromissos feito com a população.

Chuvas de 2017 em Jaíba estão dentro da média regional prevista

Conforme dados pluviométricos colhidos na sede do município de Jaíba, o volume de água das chuvas caídas nesta cidade neste ano de 2017 está dentro da média estabelecida para esta região Norte Mineira que é de 600 milímetros. De janeiro a dezembro de 2017 até a última chuva que ocorreu no último dia 14, choveu 583 milímetros conforme dados colhidos na sede do município.
Apesar da média conseguida neste ano, a grande problemática é a má distribuição durante o ciclo anual, o que compromete sobremaneira a agropecuária.
Para comparar os últimos dados pluviométricos, observamos que em janeiro de 2016 choveu 400 milímetros, enquanto em janeiro de 2017, apenas 63 milímetros, e neste mês de dezembro/2017 choveu 267 milímetros.
Pode ser observado também que nos últimos anos recentes tem sido aumentado o volume de chuvas em Jaíba. As chuvas dos últimos quatro anos ficaram assim distribuídas: 2014= 287,9 milímetros. 2015= 334,4 milímetros. 2016= 619,5 milímetros. 2017= 583,1 milímetros (até 14/12).

Os dados de medição de chuvas são de responsabilidade da Companhia de Recursos Minerais – CPRM que é um órgão do Governo Federal também responsável para medir o volume de águas do rio Verde Grande. 

Sapateiro traz inovações para Jaíba na arte milenar de reparos em calçados

O jovem sapateiro Gabriel Santos está há cinco anos em Jaíba desenvolvendo um dos ofícios mais antigos da humanidade. Ele veio da capital paulista onde fez curso de conserto e fabricação de calçados.
Muita gente ainda não sabe da existência deste ofício e acaba descartando e jogando no lixo muitos calçados em bom estado de conservação e que poderia ser usado por mais um bom tempo. Falta muita informação, uma vez que este tipo de serviço é muito escasso e nem toda cidade conta com esta prestação de serviços. Sendo a profissão de sapateiro muito antiga que pode está chegando ao fim ou ao desuso.
O sapateiro jaibense que conta com uma selecionada clientela, infantil, feminina e masculina informa que não trabalha apenas com calçados usados, pois muitos calçados novos (sapatos ou tênis) vêm apenas colados de fábrica e requer uma costura para maior durabilidade.
Todo o serviço do sapateiro jaibense é agendado e marcado o dia e horário para entrega. Conta o profissional que atende muitos clientes que agregam valor sentimental ao calçado e não quer fazer o descarte, daí é oferecida uma reforma que envolve além de reparos, mudança de cor ou outros enfeites.
Gabriel Santos tem seu atelier montado para atendimento ao público, próximo à Praça do Mercado (centro) e atende também pelo telefone ou whatsapp 031.97533.2859.
Um pouco da história desta profissão
Em pesquisa na internet pudemos ver que o ofício de sapateiro surgiu por volta do ano 280 com os irmãos Crispim e Crispiano, que eram ricos e fizeram voto de pobreza, distribuíram a riqueza e se tornaram sapateiros. Após mil anos, por volta de 1.300, um bispo recuperou as vestes dos irmãos e criou uma Igreja em homenagem a eles. Foi então convencionado o Dia 25 de outubro como o Dia do Sapateiro, em homenagem a São Crispim. Em Franca, São Paulo, que é o grande polo produtivo calçadista, existe uma capela dedicada a São Crispim.

O primeiro calçado foi registrado na história do Egito, por volta de 2000 a 3000 a.C.. Trata-se de uma sandália, composta por duas partes, uma base, formada por tranças de cordas de raízes como cânhamo ou capim, e uma alça presa aos lados, passando sobre o peito do pé. O sapateiro precisa gostar e ter convicção ao escolher essa profissão tão tradicional, pois como diz a sabedoria popular: “é ingrata à profissão de sapateiro, o artista mete as mãos onde os outros colocam os pés”. 

Prefeito Reginaldo e deputado Tadeuzinho solicitam renegociação de produtores do Jaíba com o BDMG

O prefeito Reginaldo Silva, esteve recentemente em audiência na capital mineira com a diretoria do Banco de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais – BDMG para tratativas que podem beneficiar a classe de produtores rurais do município no tocante a suas dívidas e financiamentos no empreendimento agrícola.
Acompanhado do Deputado Estadual Tadeuzinho, o prefeito jaibense foi recebido pelo vice-presidente da instituição financiadora Guilherme Piva e pelo diretor responsável pelo setor de cobranças do BDMG, Edismar Batista, para discutir a renegociação das dívidas dos produtores rurais de Jaíba e solicitar mais investimentos do Banco no Projeto Jaíba.
Na tentativa de buscar alternativas e entender quais as possibilidades de viabilizar as operações e financiamentos aos agricultores, o prefeito Reginaldo Silva explicou que devido às dificuldades de conseguirem outros recursos e por estarem com seus territórios e bens imobilizados no financiamento com o BDMG, muitos produtores não conseguem outras linhas de crédito, pois não dispõem de seus bens como garantia, prejudicando toda a cadeia produtiva e consequentemente o desenvolvimento da região.
Ficou acertado que o BDMG negociará a inclusão destes produtores em uma campanha de renegociação de dívidas antigas que poderá reduzir o valor original em até 60 por cento.
O deputado Tadeu Martins Leite fará a interlocução com outras instituições do governo a fim de agilizar o processo de renegociação e a resolução das pendências do Projeto Jaíba.

“Alguns têm conseguido saldar tudo, retomar o fôlego e a partir de então rediscutir a garantia. Liberada a garantia podemos partir para um próximo financiamento”. Informou o vice-presidente do BDMG. A esta campanha de renegociação a instituição deu o nome de “Saldão”.

Prefeito e deputado viabilizam construção de escolas e creche

Na sua última viagem à capital federal, o prefeito Reginaldo Silva, em uma de suas ações, esteve com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, para tratar das obras da creche e da escola que estão em construção na cidade.
“Questões burocráticas estavam prejudicando o andamento dos projetos, mas agora vamos conseguir solucionar os problemas”. Frisou o prefeito jaibense.  Participaram também da reunião a secretária municipal de Educação, Rosilene Antunes, e engenheiro da prefeitura Paulo Júnior. O encontro foi intermediado pelo deputado federal Rodrigo de Castro.

Foi iniciado recentemente os trabalhos para edificação de duas escolas municipais e um Centro de Educação Infantil. As escolas serão no bairro São Francisco e Centro Comunitário Rio Verde, e a unidade de atendimento às crianças será no bairro Veredas.

Vacina neutraliza o efeito de cocaína no cérebro

A grande novidade desta vacina é que a mesma possui uma substância que bloqueia a entrada da droga no cérebro, impedindo com isso o seu efeito. Os testes preliminares deram resultados positivos em animais. O próximo passo do estudo é o teste em seres humanos. “Se tudo der certo, acreditamos que até meados de 2018 já começaremos a pesquisa em humanos”, pontuam os pesquisadores.
A boa notícia é que a dependência química de cocaína pode estar com os seus dias contados. Pesquisadores desenvolveram uma substância capaz de induzir o corpo a produzir um anticorpo contra o entorpecente.
O estudo buscou tratar o vício em cocaína com a própria molécula da droga. “Os anticorpos produzidos se ligam à molécula de cocaína na corrente sanguínea e impedem a passagem pela barreira hematoencefálica”, explica o pesquisador.

Um grande problema de saúde pública, a dependência química, independentemente de qual seja, vem apresentando margem crescente de aumento no consumo, principalmente entre adolescentes. Álcool, maconha, cigarro, crack e cocaína estão entre as drogas mais consumidas pelos brasileiros, sendo os efeitos desta última o mais devastador. Todos os estudos de pesquisas são de mineiros da Fapemig e UFMG.

Censo Agropecuário conta com 06 recenseadores e 01 supervisor para Jaíba

Os trabalhos censitários para identificar o perfil do setor agropecuário em Jaíba teve início no último mês de outubro, com previsão para terminar em fevereiro de 2018. Todo o levantamento está sendo feito através de coleta de dados de forma digital quando os agentes visitam todos os estabelecimentos agrícolas do município.
O município foi dividido em 48 setores, e no último Censo Agropecuário realizado em 2007 foram identificados 2.432 estabelecimentos agropecuários. Até o mês passado (novembro) os agentes do IBGE já tinham confirmados a permanência de 714 estabelecimentos, sendo 455 em nova inclusão e nesta data já tinha excluídos 460 do último Censo realizado há 10 anos. Os excluídos são propriedades que não existem mais.
Em aproximadamente cinco meses fazendas, sítios, chácaras e todas as propriedades que atuam na agropecuária serão visitadas por recenseadores que irão coletar dados socioeconômicos dos moradores.
A região Norte de Minas com mais de 90 mil estabelecimentos voltados para o setor, a região lidera o ranking estadual desde o último censo, feito em 2007. O gerente de agência e representante do IBGE em Montes Claros, Paulo Cícero Borges, explica que existem muitas informações a serem atualizadas sobre a agricultura e agropecuária, já que, uma década atrás, a região era a segunda maior empregadora no Estado, com cerca de 300 mil pessoas ocupadas no setor.  “No Norte de Minas, os municípios são extensos em área geográfica e 85% dos estabelecimentos são voltados para a agricultura familiar”, ressalta.

O questionário aplicado aborda questões relacionadas à produção, pessoal ocupado, agricultura familiar, uso de agrotóxicos, entre outros temas. As informações coletadas subsidiarão pesquisas, tomada de decisões na iniciativa privada e a elaboração ou melhoria de políticas públicas para o setor. Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE somente em meados de 2018.

Matias Cardoso foi capital mineira por um dia

A nossa vizinha Matias Cardoso foi a capital de Minas por um dia, quando foi comemorado o Dia dos Geraes. O governador mineiro presidiu a solenidade de entrega das Medalhas Maria da Cruz (para mulheres) e Matias Cardoso (para homens). Foram vinte homenageados, além de uma medalha especial para o proprietário da empresa SadaBionergia, Vitório Medioli  que foi agraciado com a medalha Grande Colar dos Geraes, criada este ano. Foi a 10ª edição da premiação.
Matias Cardoso foi o primeiro povoamento mineiro, mas não teve esse registro histórico reconhecido e por isso, a cidade de Mariana assumia a situação de Capital de Minas, sempre comemorado no Dia de Minas. 
Matias Cardoso possui uma das igrejas mais antigas do Estado, a Matriz Nossa Senhora da Conceição que foi construída no ano de 1675. A data escolhida, 8 de dezembro, foi devido ao dia da Padroeira Nossa Senhora da Conceição.
Em 1673, o capitão Matias Cardoso de Almeida partiu de São Paulo com 125 homens, organizando lugares de pouso e plantações para suprir a bandeira de Fernão Dias. Em sua expedição, foi o responsável por fundar as comunidades de Morrinhos, Amparo, São Romão e Porto de Salgados – hoje, cidade de Januária.
Dona Maria da Cruz, por sua vez, que dá nome a uma das medalhas, era casada com Salvador Cardoso de Oliveira, sobrinho de Matias Cardoso. Ela administrava a fazenda Pedras de Baixo, cuja casa grande era um orfanato.
Medalha Matias Cardoso: Alexandre Pires, Rotary Montes Claros; Antônio Júlio, ex-prefeito de Pará de Minas; Célio Murillo, professor da UFMG; Fábio Augusto, Dep. Federal; Jaubert Carneiro, desembargador TJMG; Jean Alves, secretário de Estado Adjunto; Jean Mark, Dep. Estadual; Manoel Carlos, produtor rural; Paulo Afonso Queiroz, produtor rural; Virgílio Guimarães, economista.  
Medalha Maria da Cruz: Alice de Souza, desembargadora TJMG; Ana Maria Camilo, Promotora de Justiça; Arlete Gonçalves, Dep. Estadual; Kely Cristina, diretora SAMU;  Luzimara Silveira, professora Unimontes; Maria Inês, pesquisadora UFMG; Paula Maria, Casa Civil Minas;  Pedrelina Ribeiro Bispo, lavradora; Valquíria Rodrigues, prefeita Varzelândia. Veraci de Sousa, Superintendência Ensino Janaúba.
Ausências

Dos vinte relacionados para receberem a importante medalha, apenas nove compareceram. As principais “estrelas” da festa preferiram ficar em casa. Dos 92 prefeitos do Norte de Minas, apenas oito da região compareceram. Pôde ser observado que tinha mais segurança do que convidados.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Cemig inspeciona rede elétrica em Jaíba e infratores podem responder criminalmente

A Cemig realizou, no último mês de agosto, um mutirão de inspeções contra ligações irregulares na Jaíba, além de executar cortes no fornecimento de energia de clientes inadimplentes.  Na operação, foram inspecionados 149 equipamentos com suspeitas de irregularidades e efetuados 883 cortes por falta de pagamentos. Segundo o gerente da Cemig Marco Antônio de Almeida, “O prejuízo destas irregularidades é rateado entre a distribuidora e os consumidores que pagam corretamente, seguindo procedimentos estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)”.
Conforme o gerente da Cemig, se confirmadas as irregularidades, os infratores podem responder criminalmente, já que a intervenção é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e prevê multas e pena de um a oito anos de reclusão, além da obrigação de ressarcimento de toda a energia furtada e não faturada em até 36 meses, de forma retroativa. Processo de investigação sobre os suspeitos está em andamento.
Além da sobrecarga na rede elétrica, as ligações irregulares podem causar graves acidentes e danos aos equipamentos elétricos e queda na qualidade da energia, devido às constantes interrupções no sistema elétrico provocadas pela sobrecarga gerada pelo consumo irregular.

“Uma nova operação da Cemig em Jaíba pode acontecer a qualquer momento”. Previu o gerente Eduardo da Cemig de Janaúba.

Católicos de Jaíba e Janaúba lamentam transferência de seus padres

chegará Pe. Henrique
SAIRÁ Pe. Ademir
Se por um lado grande parte dos católicos jaibenses manifestaram clamor através das redes sociais sobre a transferência do Pe. Ademir, também os fiéis da vizinha Janaúba choraram pelo anúncio da saída do Pe. Henrique que por 30 anos presta um brilhante trabalho à comunidade gorutubana. A saída destes dois padres dos municípios está marcada para o mês de janeiro de 2018.
O Pe. Henrique é o pároco mais antigo em atividades na cidade de Janaúba. O Padre Henrique Alves de Oliveira Filho completaria no dia 9 de fevereiro próximo 30 anos de sacerdócio na cidade janaubense, Ele que é natural de Brasília de Minas, localizada também nesta região Norte Mineira chegou em solo gorutubano em 9 de fevereiro de 1988 para assumir a quase paróquia Nossa Senhora Aparecida – virou paróquia em 12 de outubro de 1988, justamente no dia em que Henrique Alves completava um ano de ordenação.
A Diocese de Janaúba em que Jaíba está ligada possui 42 paróquias em 24 municípios. Em um vídeo que foi compartilhado na rede social o Pe. Henrique, mantendo um clima sereno e muito calmo ressaltou que a renovação em paróquias tem como finalidade a geração de entusiasmos nas comunidades e levar sempre o evangelho de Jesus. “Estamos atendendo o chamamento do pastor”, justificou o religioso.
O Bispo Dom Ricardo (de Janaúba) diante da repercussão do assunto sobre tal transferência procurou uma emissora de rádio de Janaúba e disse que o remanejamento dos padres faz parte de uma medida tomada pelo Papa Francisco e busca a integração missionária dos sacerdotes.

O chefe maior da Igreja Católica desta região em entrevista a radio de Janaúba pediu aos fiéis tranquilidade e sabedoria para entender que o Padre é um missionário por vocação e determinação da Igreja e deve ir levar o seu trabalho e acolhimento onde se fizer necessário. Disse entender a situação das pessoas que criam vínculos com o sacerdote que ficou em uma cidade durante muito tempo, porém, fez questão de lembrar que este mesmo vínculo pode se tornar prejudicial aos trabalhos da Igreja. Exemplifica, “como se fosse uma mãe que protege demasiadamente seu filho, encobrindo seus erros”. Assim passa a ser a igreja quando um sacerdote permanece por muito tempo no mesmo lugar devido ao vínculo emocional que abrange as pessoas da comunidade.

Presidente da Codevasf visita Projeto Jaíba e viabiliza recursos

DEPUTADO Rodrigo de Castro, equipe
da Codevasf e prefeito Reginaldo
O presidente da Codevasf Avelino Neiva esteve no início deste mês visitando o município de Jaíba para conhecer pela primeira vez a realidade vivida pela classe produtora e comprometeu junto ao prefeito Reginaldo a liberação de recursos de mais de 16 milhões de reais para a instalação de bombas flutuantes de captação de água, além de obras de desassoreamento do canal de chamada em Mocambinho, que está em estado crítico. Também acompanhou o presidente da Codevasf o deputado Rodrigo de Castro que intermediou essa visita e também fez gestão junto ao Ministério da Integração em Brasília.
O representante da Codevasf atendeu uma antiga reivindicação das lideranças do Projeto Jaíba garantindo a liberação de recursos da ordem de 16 milhões de reais, sendo 11 milhões para a implantação das bombas flutuantes de captação de água e 5 milhões para obras de desassoreamento do canal de chamada, obras fundamentais para o Projeto Jaíba.
´´Sabemos da importância desse projeto para Jaíba, para Minas Gerais e para o país. Por isso, vocês todos aqui, podem ir dormir tranquilos que a CODEVASF irá fazer o papel dela, que é garantir a continuidade deste projeto, alocando os recursos necessários. O que vocês me pediram aqui hoje, está garantido. Registro aqui o meu agradecimento ao deputado Rodrigo de Castro e o prefeito Reginaldo pelo convite´. Ressaltou o presidente da CODEVASF, Avelino Neiva em visita técnica no Projeto Jaíba.

Prestigiaram também a visita, a Deputada Raquel Muniz, bem como representantes da Emater, Sada Bionergia, DIJ I, DIJ II, produtores rurais, associações, vereadores e lideranças locais.

Programa de mecanização agrícola é lançado em Jaíba

Dep. Tadeuzinho e Gov. Pimentel entregam 
trator ao prefeito Reginaldo
Visando a adequação de melhorias para os produtores rurais de sequeiro e irrigado, foi lançado pela Prefeitura de Jaíba neste mês de novembro o importante Programa de Mecanização Agrícola com a oferta de tratores e equipamentos com um preço bastante reduzido e acessível a todos. O lançamento do programa teve o envolvimento do CMDRS (Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável).
O prefeito Reginaldo acompanhado do vice-prefeito Arnaldo, secretários, vereadores e demais lideranças, participou de reuniões em diferentes locais do município para apresentar o maquinário do programa e explicar as suas regras de funcionamento. O programa disponibiliza inicialmente dois tratores e implementos agrícolas para ajudar os produtores da agricultura familiar do município no manejo do solo.
Participaram do lançamento deste programa, representantes da EMATER, vereadores, representantes do DIJ, Sindicato Rural, presidentes de 11 associações de produtores rurais do município, e outras lideranças.

Para mais informações sobre o uso dos tratores e implementos agrícolas, é necessário procurar o presidente da associação de produtores rurais de cada comunidade, ou a Secretaria Municipal de Agricultura.

Animais soltos serão apreendidos e donos multados

A Prefeitura de Jaíba informa que já iniciou a apreensão dos animais de médio e grande porte como bovinos, equinos, suínos, caprinos e outros que se encontram soltos de forma irregular pelas vias públicas da cidade.
´´Pedimos para todos que possuem animais de grande porte para que fiquem atentos e contribuam com a manutenção e limpeza da nossa cidade e não deixem seus animais soltos nas ruas. “Essa é uma ação que depende de esforços em conjunto para que dê certo”, disse o secretário de agricultura Cássio Dias.

A Secretaria de Agricultura informa que a liberação dos animais se dará após o pagamento de multas de apreensão e estadia no curral da prefeitura.