quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Ex prefeito, irmão do atual fica proibido de trabalhar na forma direta e “indireta” para a prefeitura

CONCLUSAÕ da sentença condenatória
RELAÇÃO de funcionários que atuam no Caps
e que consta nome do irmão do prefeito

A notícia não é nova, mas o erro ou crime é bastante atual. O médico político Wellington foi condenado no ano de 2012, através do processo 0005219-05-2010.4.01.3807 da Justiça Federal de Montes Claros a pagar multa e ficar proibido de contratar com o poder público, ou receber benefícios de forma direta ou INDIRETA, pelo prazo de cinco anos, ou seja, até junho de 2017.
Apesar de devidamente processado e sentenciado este médico que é o articulador político da prefeitura de Jaíba chegou a atuar no hospital local no ano de 2013 (era Jimi Murça) e recentemente vinha trabalhando numa clínica desta cidade que tem um contrato vigente com a prefeitura no valor de R$ 823.821,72. Este médico também está cadastrado para atuar no Centro de Apoio Psico Social (CAPS) localizado na Av. Cel. Moacir ao lado do Correio, para atuar como médico psiquiatra. Até o mês passado constava na publicação que este profissional trabalharia 40 horas semanais ou oito horas/dia, mas atualmente o cadastro foi mudado para 10 horas por semana, com vínculo empregatício.
Informação chegada a este informativo dá conta que o referido médico foi proibido de trabalhar na clínica que presta serviço para o município. Lembrando também que este agente da saúde faz também consultas de forma “gratuita” de forma ambulante e também na residência de político aliado à prefeitura.
Dentre as pessoas que possuem contratos atualmente com a prefeitura de Jaíba para prestar serviços referente a saúde, podemos enumerar alguns com seus respectivos valores: Clínica Médica Robleto e Araujo de Jaíba – R$ 823.821,72.  Centro de Diagnostico por Imagem Santa Maria de Janaúba – R$ 1.137.739,52.  Clínica de Otorrinolaringologia de Janaúba – R$ 48.600,00.  Policlínica Bem Estar de Janaúba – R$ 488.400,00.  Amaro Ribeiro Neto médico de Manga – R$ 401.400,00.  Christiano Nogueira Teago médico de Janaúba – R$ 430.560,00.  Clínica de Pele de Janaúba R$ 324.000,00.  Policlínica Santa Maria de Janaúba R$ 324.000,00.

A origem do processo deste médico
A autoria deste processo que ainda encontra-se em andamento é do Ministério Público Federal numa Ação Civil pública e Improbidade Administrativa, onde o réu Wellington Pacífico Campos de Lima é acusado de dispensar indevidamente licitação para compra de gêneros alimentícios para a merenda escolar. O réu em sua defesa chegou a pedir a produção de provas apresentando testemunhas, o que foi negado. O réu propôs também para compor o processo a inclusão dos seus secretários de educação, administração, tesoureiro e todos os membros da comissão de licitação que atuaram no seu governo. O que também foi negado. A justiça em sua sentença alegou que o ex prefeito nesta intenção frustrada poderia até mesmo acusar a cozinheira que preparou a merenda escolar.

As empresas selecionadas a vender merenda escolar sem licitação, conforme consta na sentença judicial são: Osmar Ferreira Gonçalves EPP, Amazonia Distribuidora Ltda, e Panela Cheia Jaíba Ltda. Esta sentença foi proferida pelo juiz federal Carlos Henrique Borlido Haddad que finaliza com esta frase: “É dispensável impor a pena de perda de cargo, haja vista que o réu não mais exerce a função de prefeito”.

Vereador leva polícia para ter acesso ao Hospital Municipal

VEREADOR ELTIN aponta
 irregularidades na saúde
Desde 1º de janeiro de 2013 quando “o jovem e sofrido” município de Jaíba teve a sua sexta gestão administrativa (6º prefeito), a temperatura não é a mesma, sendo que neste pequeno espaço de tempo já foi cassado um prefeito, algumas prisões, e previsão de algo mais obscuro acontecer nos próximos dias. Desta vez, o vereador Welton Luiz da Silva teve que acionar a Polícia Militar para ter acesso às dependências do hospital local.
Conforme o Boletim de ocorrência M7354-2014-0003039, no último dia 12 de outubro, o citado vereador estaria sendo impedido de adentrar no hospital. Consta no BO que o vereador já se encontrava no interior da unidade de saúde, quando um médico amigo do prefeito ao visualizá-lo, acionou o secretário de saúde, que imediatamente ligou para o telefone particular do segurança/vigilante determinando a retirada do vereador, que também exerce a função de presidente da Comissão Municipal de Saúde.
Além do porteiro e vigilante Luiz José de Souza Júnior, também constam no Boletim de Ocorrência os nomes das testemunhas Izaurino Rodrigues da Silva, (aposentado); Izailton Rocha Campos, (cabeleireiro). Consta também o nome do médico delator José Maurício e do secretário municipal de saúde Udson Pena.
Uma portaria de nº 003/2014 rubricada pelo secretário municipal de saúde foi afixada no hospital onde diz entre outras coisas que “São proibidas a entrada e a permanência de representantes de órgãos públicos, sob o pretexto de fiscalização, sem a prévia identificação e indicação da finalidade a que se destina, sendo necessária a autorização do gestor da unidade e/ou do secretário”.

Este hospital foi denunciado na Promotoria Pública e Regional de Saúde
O embate entre o vereador Eltin Enfermeiro e os gestores deste hospital começou no mês de março deste ano quando o parlamentar, sabedor da quantidade de recursos financeiros destinados ao município, procedeu a graves denúncias das irregularidades deste hospital junto à Promotoria Pública de Minas Gerais e a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros.
Em atendimento à denúncia foram realizadas inspeções sanitárias durante quatro dias no mês de março no Hospital Municipal, e nas Unidades de Saúde Centro, Veredas, Maria Lina Marçal, Nova Esperança e Vigilância Sanitária. O jornal Folha de Jaíba teve acesso ao laudo de inspeção assinado por cinco profissionais da SRS de Montes Claros de cujos MASPs 1203722-2/ 1038504-5  1204455-8/  375445-4/ e 384213-5.
A fiscalização efetuada nas unidades de saúde em Jaíba confirmou a veracidade de todas as denúncias do vereador Welton Luiz da Silva e enumerou muitas falhas encontradas, onde citamos algumas: Material de limpeza insuficiente; equipamentos de proteção individual insuficiente; falta de material impresso; kit de coleta de material para prevenção de câncer de colo de útero vencido há dois anos; ausência de luvas estéreis; falta de medicamentos básicos; equipamentos como balança, termômetro e aparelho de pressão sem manutenção; aparelho ultrassom desativado com o paciente pagando em particular.
A fiscalização detectou também o laboratório de análises clínicas funcionando de forma precária e utilizando reagentes vencidos, sendo o mesmo interditado; sala de vacina inadequada; resíduo hospitalar contaminado sendo recolhido na mesma carreta de recolher cães; falta de atendimento odontológico curativo restringindo apenas à prevenções através de palestras.

Na oportunidade da fiscalização, o município foi notificado a apresentar um laudo de manutenção emitido por profissional habilitado de todos os equipamentos no prazo máximo de três dias úteis.

NOTA DE ESCLARECIMENTO E INDIGNAÇÃO

O Presidente da Câmara Municipal de Jaíba, Junior Leonir Guimarães Freitas declara sua indignação e esclarece alguns pontos necessários na busca da verdade real dos fatos, uma vez que esse foi surpreendido com matérias de caráter duvidoso e tendencioso publicadas em redes sociais e programa de rádio desta cidade, por supostos jornalistas a serviço da atual Administração Pública de Jaíba, que divulgaram denúncia feita pelo Vereador Elias dos Santos Silva acerca da sua gestão frente à Câmara Municipal de Jaíba.
A respeito desses fatos, o Presidente do legislativo vem esclarecer que jamais se portou a favor de qualquer atividade que pudesse trazer prejuízos ao erário ou a sociedade jaibense ou que fosse contrária aos princípios de legalidade e moralidade que sempre nortearam e norteiam as suas ações.
O Presidente Junior Leonir Guimarães Freitas, nega com veemência e repele tais denúncias acerca do uso de dinheiro público para se beneficiar ou para beneficiar a quem quer que seja.
Informa ainda o presidente, que tão logo teve conhecimento de tais denúncias, procurou espontaneamente o Ministério Público para prestar todos os esclarecimentos necessários na busca da verdade real dos fatos, bem como apresentar ainda espontaneamente quaisquer documentos que sejam necessários a qualquer investigação, inclusive se dispondo e autorizando a quebra dos seus sigilos fiscal, bancário e telefônico.
Ainda por ocasião do contato com o Ministério Público, o Presidente Junior Leonir Guimarães Freitas lembrou a esse órgão acerca da real intenção desse Vereador, ora denunciante, que faz parte da base do Prefeito Enoch Vinícius Campos de Lima, que certamente age em conjunto com demais apoiadores desse Prefeito, com o fim exclusivo de criar um novo fato e com isso mudar o foco acerca das gravíssimas denúncias feitas pela sociedade jaibense acerca da sua administração.
Lembrou ainda o Presidente Junior Leonir Guimarães Freitas ao Ministério Público que os fatos alegados pelo Vereador Elias dos Santos Silva, supostamente teriam ocorrido no ano de 2013, no entanto, somente agora, após o recebimento de grave denúncia contra a atual administração do Prefeito Enoch e após a tentativa da sua base de impedir o recebimento e leitura dessa denúncia, que tais fatos foram denunciados.
Também foi mencionado ao Ministério Público pelo Presidente Junior Leonir Guimarães Freitas que as matérias veiculadas acerca dos fatos, apenas tiveram como divulgadores falsos jornalistas que na verdade ocupam cargos comissionados na atual administração e que recebem altos salários para fazer aquilo que é de interesse do atual prefeito. Sendo assim, tendo em vista o teor tendencioso e até leviano por parte desses "jornalistas" esse Presidente solicitou ao MP que procedessem a investigação e punição aos mesmos pelos excessos das suas matérias que certamente deixaram o caráter informativo de lado para prestar um desserviço a população, mas um grande serviço ao atual Prefeito.

Por conseguinte, o Presidente Junior Leonir Guimarães Freitas reitera sua intenção e vontade de que todos os fatos e denúncias sejam efetivamente fiscalizados, averiguados e apurados, inclusive aquela apresentada em desfavor do atual Prefeito e vários Secretários, ao tempo que se coloca mais uma vez à inteira disposição dos órgãos de controle e fiscalização para quaisquer esclarecimentos necessários na busca da verdade real dos fatos.  

Recursos recebidos pela Prefeitura de Jaíba em 2014 já ultrapassaram 45 milhões de reais até o mês passado

Sem contar a arrecadação local, neste ano (até o mês passado) entraram nos cofres da Prefeitura de Jaíba R$ 41.869.989,14. Esta é a arrecadação nos nove primeiros meses deste ano de 2014. Continuamos publicando mensalmente os recursos institucionais que entram nos cofres da Prefeitura de Jaíba, para que a população tenha conhecimento e noção da dimensão dos valores que são gastos pelo executivo local.
Tivemos acesso apenas aos valores repassados pelo Governo Federal e Estadual via Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, mas se contabilizar os recursos arrecadados pelo próprio município como IPTU, ITBI, ISSQN, CND e outros, pode se chegar a um valor próximo dos 50 milhões de reais, o que é um montante considerável para o tamanho do município de 36 mil habitantes.
A reportagem do Folha apurou os repasses constitucionais que entraram nos cofres do município no mês passado (outubro), chegando ao valor de R$ 3.835.147,73. Este valor não consta a arrecadação municipal.
Possíveis convênios estaduais ou federais, também não foram somados. Portanto a arrecadação do mês de outubro pode ter ultrapassado ao valor de 4 milhões de reais.
Confira os repasses do mês de outubro/2014:
- FPM - FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS -  R$    1.164.981,83
- FEP – FUNDO ESPECIAL DO PETRÓLEO – R$ 47.615,30
- ICMS – DESON. EXPORTAÇÃO – R$  5.678,47
- ITR - IMPOSTO TERRITORIAL RURAL - R$   52.438,70
 - ICMS ESTADUAL -  R$    926.663,07
- FUS - FUNDO SAUDE - R$  324.950,62
- IPI EXPORTACAO - R$ 13.260,74
- FUNDEB – F MAN DES  ED BAS  VAL PROF EDUC -  R$  638.463,52
- SNA - SIMPLES NACIONAL - R$ 32.230,78
- IPVA – IMP.SOB.PROP.VEIC.AUTOM. – R$ 30.312,30 
- VIGILANCIA EM SAÚDE – R$ 00,000
- REDE BRASIL SEM MISÉRIA – R$ 7.500,00
- CENTRO ESP. ODONTOLÓGICA CEO – R$ 2.200,00
- EQUIP.MULTIPROF. DE APOIO R$ 6.000,00
- SAÚDE BUCAL – SB – R$ 15.610,00
- AGENTES COMUNITÁRIOS SAÚDE R$ 69.966,00
- PROG. MELH. ACES. QUALIDADE (PMAQ) R$ 25.400,00
- SAÚDE DA FAMÍLIA – R$ 81.995,00
- RECURSOS PARA O NASF – R$ 40.000,00
- NUCLEO APOIO SAUDE FAMILIA NASF R$ 34.000,00
- PAB FIXO – R$ 80.591,00                                                    
- APOIO A CRECHES  R$ 158.847,12
- APOIO TRANSPORTE ESCOLAR – R$ 28.728,26  
- SALÁRIO EDUCAÇÃO – R$ 57.415,02                                                                    

Fontes:https://www42.bb.com.br/portalbb/daf/beneficiario,802,4647,4652,0,1.bbx http://www.fns.saude.gov.br/indexExterno.jsf https://www.fnde.gov.br/pls/simad/internet_fnde.liberacoes_01_pc.

Mais um jaibense entra para a carreira militar

JESSÉ Freitas ao lado do pai,
é o novo soldado da PM
Neste mês de novembro entrou na carreira militar mais um filho Jaíba. Depois de André Henrique há alguns anos, formou no último dia 14 o jovem soldado Jessé Freitas, filho do senhor Nenen Caminhoneiro/cantor/taxista. A solenidade de formatura aconteceu na capital mineira e contou com 1.908 novos soldados e 277 sargentos, onde também formou o sargento Fábio Fernandes, que já vinha atuando em Jaíba há alguns anos.
O Curso Especial de Sargentos da Polícia Militar teve a duração de quatro meses. Os militares fizeram o curso a longa distância e presencial. O evento foi realizado na arena do Minas Tênis Clube em Belo Horizonte, enquanto a solenidade de formatura do Curso Superior de Tecnologia em Atividades de Polícia Ostensiva/Curso de Formação de Soldados aconteceu no ginásio do Mineirinho, também na capital mineira.
Os novos soldados graduados estão prontos para atuar em defesa da sociedade mineira. O curso, iniciado em janeiro deste ano, com duração de 11 meses, trouxe uma nova proposta de matriz curricular para a formação do soldado da Polícia Militar. Segundo a Instituição, com a implementação desse novo modelo de curso em nível superior de tecnologia, a PMMG consolida o processo de valorização e qualificação do seu público interno, oferecendo à comunidade profissionais mais capacitados para o exercício da atividade de manutenção e preservação da ordem pública, focados no respeito aos direitos, liberdades e garantias fundamentais.

Jessé Freitas, 20 anos, antes de ingressar na carreira militar trabalhava na prefeitura de Jaíba, e chegou a passar em primeiro lugar em 2010 no concurso público da Câmara Municipal de Jaíba sem ter sido chamado para tomar posse. Com o aumento do efetivo policial a nível estadual espera-se também que seja aumentado o número de policiais para atuar no município de Jaíba incluindo o Projeto Jaíba.

Futebol amador de Jaíba será premiado pela Petrobras

O MÉRITO é dos desportistas
Hélio Silveira  e J. Santos 
Há alguns anos o Projeto Vida de Jaíba, uma entidade que abriga menores carentes e ligado à Igreja Católica teve premiação a nível nacional e agora, neste mês de novembro, também teve reconhecimento também a nível nacional o futebol amador desta cidade que vem sendo muito bem conduzido pelos locutores e desportistas Hélio Silveira e J. Santos. Os organizadores do futebol do município inscreveram o projeto esportivo jaibense no Programa Petrobras Esporte e Cidadania e foram contemplados. Não foi informado o valor de recursos que será destinado a este projeto contemplado.
Em Minas apenas quatro projetos foram selecionados, sendo 1 em Jaíba, 2 em Belo Horizonte e 1 em Pará de Minas. O projeto de Jaíba visa atender 600 crianças e adolescentes de 7 a 17 anos em situação de vulnerabilidade social. Consta em seu objetivo fomentar e democratizar o acesso à prática esportiva educacional, através da implantação de núcleos dirigidos às crianças e adolescentes em situação de risco social, proporcionando-lhes melhor desenvolvimento humano, inclusão educacional e social. O projeto funcionará em três núcleos (dois na área rural e um na área urbana), oferecendo as modalidades de futsal, futebol, vôlei, handebol e basquete, além de atividades complementares como oficinas e palestras.
A Seleção Pública de Projetos Esportivos Educacionais é uma iniciativa estratégica do Programa Petrobras Esporte & Cidadania que visa democratizar o acesso de organizações sociais, em todo país, aos investimentos a projetos que promovam a inclusão social por meio de atividades esportivas para crianças e adolescentes, alinhados aos princípios de inclusão, construção coletiva, educação integral, diversidade e autonomia.
As inscrições foram realizadas entre 15 de abril e 31 de julho, via internet, contabilizando 1.421 projetos inscritos, dos quais 34 projetos foram aprovados. Durante todo o período de inscrições, foram realizadas gratuitamente as caravanas esportivas presenciais e virtuais, com o objetivo de capacitar as instituições para elaboração de projetos, promovendo assim a igualdade de acesso aos recursos de investimento social da Petrobras.
Na Seleção Pública de Projetos Esportivos Educacionais 2014 serão investidos R$ 45 milhões (quarenta e cinco milhões), no período de dois anos, em projetos de esporte educacional, na linha de atuação Atendimento Direto a Crianças e Adolescentes e que contemplem ações que tratem temas transversais, como: Gênero; Igualdade racial; Pessoas com deficiências; Pescadores e outros povos e comunidades tradicionais.

O Programa Petrobras Esporte & Cidadania foi construído em alinhamento com a Política Nacional do Esporte, com o objetivo de apoiar o desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro e contribuir para a democratização do acesso popular a práticas desportivas.

Requerimentos e ações dos vereadores de Jaíba neste mês de novembro

JOSÉ Geraldo cobrou fim dos alagamentos
de comunidades do Projeto Jaíba
Estamos publicando mensalmente as ações desenvolvidas pelos legisladores jaibenses, envolvendo seus projetos. São estes os requerimentos aprovados neste mês de novembro:
Noelson Costa – Solicitou asfaltamento e iluminação pública em parte da Rua Diolino Ferreira Maciel e outras que ainda carecem deste benefício.
Farrique Xavier – Neudirlan Soares – Valdemir Soares – Instalação de dois redutores de velocidade na rua que dá acesso ao bairro Residencial Jardins.
Valdemir Soares - Requereu da prefeitura que instale de forma imediata um redutor de velocidade na Avenida João Teixeira Filho, próximo ao Posto de Saúde Nova Esperança. – Enalteceu dificuldades dos moradores do Córrego Escuro que, com a paralisação das obras do anel rodoviário, o desvio de estrada feito pela construtora ficará inacessível com o período chuvoso. – Reclamou também da falta de liberação de exames clínicos por parte do setor de saúde da prefeitura, argumentando que no período das últimas eleições existiam exames à vontade e agora diminuiu ou acabou.
José Geraldo – Reclamou a dificuldade vivida por moradores de comunidades do projeto Jaíba que estão sofrendo com alagamentos, sendo que o período chuvoso está apenas no começo.

Na última sessão os vereadores aprovaram o Orçamento para o ano de 2015 que prevê receita de cerca de 60 milhões de reais. Sendo aprovado também o Plano Plurianual para os anos de 2014 a 2017. Foi votado e aprovado um Projeto de Lei do Executivo autorizando o município a participar de um Consórcio Intermunicipal da Área Mineira da Sudene para manutenção do serviço de iluminação pública e trabalhos de resíduos sólidos e outros serviços.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

LOROTAS DE PEDRO MARQUES (Por Brás da Viola)

Pedro e a água de sabão


Dizem que sorrir é o melhor remédio. Falar das proezas do autodidata Pedro Marques é mandar a tristeza embora, é um bálsamo para aliviar as tensões e o stress do dia-a-dia. Em 1982, ele começa a sua carreira política definitiva, até então era apenas um simples “cabo eleitoral”. E Pedro, engajado na campanha do então candidato a governador de Minas, o saudoso Tancredo Neves; começa tomar gosto pela coisa e ensaia a fazer reivindicações para o município. Jaíba não possuía água encanada, além do mais, a gente bebia uma água salobra e poluída, não tinha a Copasa para prepará-la como devia. Tancredo ganha as eleições e Pedro vai até Belo Horizonte fazer as devidas exigências. Só mesmo um cientista para matutar o seguinte relato. Ele vai até o rio Verde e enche cinco garrafas plásticas com água e as mistura com um pouquinho de sabão em pó, formando um álibi para a prova do “crime”. Chegando a BH, ele é recebido no gabinete pelo então deputado federal Manoel Costa que o leva até Tancredo Neves. Chegando lá ele cumprimenta o governador e logo diz: - Veja só governador o tipo de água que meu povo bebe, haja remédio pra curar tanta “caganeira” daquela gente! O Governador não sabia que na água tinha sabão e resolveu beber um pouquinho, abriu uma garrafa e serviu para ele e o deputado. Tancredo degustou aquela água e disse: - Que água diferente! Tem gosto de sabão, o deputado assim também comentou quando Pedro Marques inteligentemente disse: - O rio Verde tem lavadeiras de fora a fora, só se vê espuma de sabão! Leitor acredite! Não demorou muito e Tancredo Neves trouxe o serviço da Copasa para este município. Parece brincadeira, mas isso é verdade. Logo mais, o Pedro candidata a vereador e se tornou o mais votado do município, isto por Monte Azul. Para se ter uma ideia da votação, num universo de dois mil eleitores ele obteve 705 votos, concorrendo com mais de 20 candidatos daqui. Depois, Ele foi reeleito por Jaíba já emancipada. Não demorou muito, com seis meses de mandato instalaram um processo legislativo para cassá-lo, alegando que o mesmo tinha insanidade mental. O delegado Mesquita, diante de suas funções que lhe foram atribuídas, recebe uma ordem do juiz para levar o Pedro à capital mineira para exames preliminares psíquicos, visitando um especialista. E mais uma novela! Pedro Marques chega ao consultório e o médico começa a indagá-lo: - O Senhor é doido? Sim, muito doido por minha esposa que eu tanto amo e minha família, respondeu! - O Senhor já tomou alguma queda? Talvez sofresse um traumatismo craniano? -Uai doutor... O Senhor está achando que eu sofro de epilepsia? As únicas quedas que sofri eu ainda era adolescente, quando cai de paixão por uma morena que não me quis, depois cai de um pé de manga a procura de um fruto maduro, exclama! - Estão querendo lhe cassar... Por quê? Ele responde ao médico: - A excelência conhece Aroldo de Dú? Ele é o meu suplente, quer me extorquir a verbazinha do subsídio da vereança, levou uma fumada e agora quer assumir no tapetão, me classificando como doido. Responda-me... Quem é mais doido? O assaltante ou a vítima? Eu sou normal doutor; nunca joguei pedra em ninguém, nem tão pouco solto pipa sem linha e nem suspendo saia de velha! Agora, se for a saia de uma menina novinha até o senhor que é besta funda dentro. Nunca coloquei fogo em dinheiro e nem mijo fora do pinico. Já soado e tenso continua dizendo: - O vereador João Maria na sua fúria incontida quebrou a tribuna da câmara e ninguém fala nada; quem é mais doido? Reponda-me? Pedro Marques ou João Maria? O médico relata: Se todo doido fosse como este o mundo seria diferente! Nada consta. Pedro afastou da política por sua livre e espontânea vontade.

Laboratórios deixam de exigir jejum para alguns exames de sangue

Uma prática bastante antiga parece que está chegando ao fim. Laboratórios começam, aos poucos, a não exigir jejum dos pacientes para a realização da maioria dos exames laboratoriais.
Já existem campanhas para informar funcionários, médicos e pacientes sobre a coleta sem restringir a alimentação. O motivo da mudança são os avanços tecnológicos e o avanço dos reagentes químicos utilizados nas análises clínicas que afastam a interferência da alimentação nos resultados dos exames.

Em alguns laboratórios, somente 5% dos exames estão exigindo jejum, como os de glicose e triglicérides (tipo de gordura), cujos valores mudam após a refeição. Já os exames de colesterol total, HDL, LDL dosado diretamente, o hemograma e grande parte dos hormônios não exigem mais a restrição nesses laboratórios. Segundo patologistas, a necessidade do jejum deve ser avaliada para cada exame.

Projeto Jaíba executa e apresenta o Inventário florestal de sua região

ENGENHEIRO catalogando espécies nativas
A Ruralminas, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), entregou às autoridades ambientais o inventário florestal realizado na região do Jaíba. O inventário foi realizado entre os meses de abril e setembro deste ano e gerou uma economia de tempo e recursos financeiros. Segundo a Codevasf, caso fosse contratada uma empresa para realizar o trabalho, haveria um custo estimado em R$ 2 milhões e um prazo de execução de dois anos.
O inventário florestal é um levantamento para obter informações sobre as características quantitativas e qualitativas da floresta do Jaíba. Foram realizados os cadastramentos da vegetação existente na área onde será realizada a supressão vegetal.
Esse trabalho, por exigência legal, teve uma grande abrangência, fato que levou a realização de um levantamento fitossociologio, que além de mensurar o volume, também trata da composição florística e a evolução de determinada vegetação ou bioma. Cerca de cinco mil hectares foram analisados e mais de 30 profissionais foram envolvidos diretamente através da Ruralminas, Codevasf, Prefeitura, Distritos de Irrigação – DIJ I e DIJ II, empresa Sada, Emater e Instituto Estadual de Florestas (IEF). Outros colaboradores também contribuíram indiretamente.
O engenheiro florestal da Ruralminas, Antônio Soares, explica que em 2006 foi criada a lei nº 11.428, regulamentada, em 2008, pelo decreto 6660, que dispõe sobre a utilização e proteção da vegetação nativa do bioma Mata Atlântica. “Como o semiárido abrange grande parte do nordeste do Brasil esta lei está trazendo um transtorno muito maior que se pode prever, confunde e gera duvidas”, afirma Antônio.

Após aprovação do Inventário Florestal da área irrigada do Projeto Jaíba pela Superintendência Regional de Regularização Ambiental (Supram), a Ruralminas vai pedir ao Ibama uma anuência para utilização da área.

Pesquisa em ratos descobre Viagra à base de pimenta - 50% mais potente

Muito cuidado para alguém não ler esta matéria e sair por aí devorando grande quantidade de qualquer pimenta ou até mesmo uma plantação inteira desta preciosa planta. Foi divulgado recentemente por pesquisadores brasileiros que descobriram por acaso uma molécula extraída da pimenta-de-java, da Indonésia e usada como tempero, que tem efeito maior do que o Viagra.
A molécula, chamada "menos cubebina”, estava sendo testada em ratos como arma contra o mal de Chagas por pesquisadores da Unifran (Universidade de Franca, São Paulo). "Comparamos a ação da menos cubebina com a do princípio ativo do Viagra e verificamos que ela é 50% mais potente", diz o farmacêutico Márcio Luís Silva.

De acordo com os cientistas, na pesquisa para Chagas, a substância não se revelou muito eficaz, mas alguns dos ratos usados no estudo apresentavam uma potente ereção

Teste da linguinha passará a valer ainda este ano em recém-nascidos

Passará a ser obrigatória a realização do "teste da linguinha" em recém-nascidos, para a identificação de problemas que podem resultar em dificuldades na fala, sucção, deglutição e mastigação. A lei que exige o procedimento foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff. O propósito do exame é verificar se há a necessidade de cirurgia para corrigir possíveis irregularidades no frênulo lingual, estrutura que liga a parte inferior da língua à boca.
O deputado autor da lei esclareceu que o diagnóstico precoce possibilita o tratamento imediato e a prevenção dos problemas decorrentes da anquiloglossia, termo científico que designa a anomalia. Os problemas de sucção, por exemplo, podem levar o bebê a ser desmamado antes do tempo certo. O deputado relator defendeu a medida. “De acordo com a proposta, não poderá haver contingenciamento de recursos pelo Ministério da Saúde e a oferta do teste será efetivamente obrigatória”, explicou.

Já o relator do projeto no Senado, explicou que o exame é simples, rápido e indolor. Enquanto o bebê está mamando, o profissional de saúde faz a avaliação anatômica e da força de sucção, além de análise dos batimentos cardíacos, da respiração e da saturação do oxigênio.

Justiça permite que criança tenha registro com duas mães e um pai

A Justiça mineira autorizou um casal a acrescentar os nomes na certidão da filha adotiva. Com isso, a criança terá no documento o nome de duas mães e de um pai. Ela foi adotada pelos tios depois que a genitora morreu em virtude de complicações pós-parto. A decisão seguiu a aplicação da moderna doutrina da mutiparentalidade, que consiste na possibilidade de uma pessoa possuir mais de um pai e ou mais de uma mãe.
O irmão da mãe biológica da criança a adotou em abril de 2011 logo depois do nascimento. Eles entraram com o pedido de adoção alegando poderem oferecer boas condições para o seu sustento e educação, bem como para o seu desenvolvimento físico, mental e social. Além disso, solicitou a mudança no registro do filho.  A Defensoria Pública, nomeada curadora do menor, não concordou com o pedido, pois a criança não tinha sido abandonada por sua mãe. Por isso, afirmou que o casal tinha que ter apenas a guarda definitiva. Já o Ministério Público de Minas foi favorável aos pedidos do casal. Apenas ressalvou a manutenção do nome da mãe biológica no registro.
O magistrado afirmou, em sua decisão, que não pode cogitar livrar a criança do poder familiar, como normalmente ocorre em casos de adoção, quando a mãe abandona o menor. ”Qualquer decisão deve orientar-se pelo melhor interesse e proteção integral, o que, no presente caso, impõe a adoção pelos requerentes, que têm todas as provas constantes nos autos favoráveis”.
Para o juiz a multiparentalidade privilegia o melhor interesse da criança, que tem direito ao conhecimento de suas raízes biológicas, mas também de reconhecer como seus pais aqueles que a criam. A preservação do nome da mãe no registro, conforme Azevedo, também protege a criança para traumas futuros.

Outra decisão permite registro com três mães

Outra decisão inédita do Judiciário brasileiro permitiu que uma criança, nascida em Vitória da Conquista na Bahia, fosse registrada com o nome de três mães. Além da mãe biológica, constarão no documento do menino os nomes das mães adotivas, que têm um relacionamento homoafetivo. O juiz determinou, após acordo entre as partes, que a guarda da criança ficará com o casal. A mãe biológica pode visitar o menino, hoje com trêsanos, regularmente. O cartório local já foi notificado para incluir no registro de nascimento da criança os nomes das mães adotivas. 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Parte dos vereadores recusa receber denúncias de corrupção na prefeitura

A última reunião deste mês de outubro que aconteceu no dia 15 foi bastante tumultuada, onde, logo no início da sessão, os vereadores Adonias, Piu, Osmano Neudirlan, Helena, Valdemir e Elias, ambos aliados do prefeito desta cidade, levantaram e saíram de suas cadeiras na intenção de acabar com a reunião.
Tudo começou quando, há cerca de 30 dias o presidente da Câmara Júnior Leonir recebeu de forma anônima uma fartura de documentos apresentando fortes denúncias de formação de quadrilha na prefeitura, inclusive com envolvimento de alguns vereadores.
Geralmente, as denúncias anônimas que chegam até o legislativo jaibense, são descartadas ou ignoradas. Mas desta vez, diante do conteúdo e a riqueza de detalhes, e acompanhada de uma mídia CD com mais documentos e provas, o presidente Júnior Leonir, cauteloso, resolveu solicitar um parecer jurídico, sobre o que fazer com robustos documentos acusativos. O parecer jurídico foi lido nesta reunião mesmo diante de fortes críticas de alguns vereadores ligados ao prefeito.
O parecer, diante de jurisprudências de órgãos superiores como o Supremo Tribunal Federal, apontou a necessidade de uma verificação sobre a veracidade ou não dos indícios apresentados na denúncia. A partir desta primeira iniciativa a presidência da Câmara falou em indicar uma comissão para ler e analisar o teor da denúncia que é composta de inúmeras páginas digitadas e um CD.
Diante da não aceitação da formação da comissão, o presidente determinou que fosse lida em plenário a acusação que foi ouvida por uma grande quantidade de pessoas ali presentes, além da divulgação ao vivo por emissora de rádio local. Neste momento, os vereados citados resolveram acabar com a reunião, mas não foram pra casa, ficando ouvindo do lado de fora do plenário.
Apesar de ser apresentado a todos, inclusive via rádio, os nomes dos componentes da possível quadrilha que diz ser chefiada por um médico, este informativo momentaneamente não divulgará a relação, sabendo que esta história está apenas começando, e o denunciante anuncia que esta é apenas uma pequena parte das denúncias e muitas outras virão. Grande parte das alegações apresentadas já foram denunciadas pelo Folha de Jaíba.

Desvios de mais de 500 mil reais por mês
Entre as variadas denúncias que foram apresentadas com riquezas de detalhes e de conhecimentos jurídicos, aponta um desvio de cerca de 500 mil reais mensais que são distribuídos entre os membros da quadrilha, e constam envolvimentos em fraude no transporte escolar com licitações duvidosas; contratação sem licitação de advogados de Uberlandia por preços exorbitantes. Sendo que tais advogados prestam serviços particulares ao prefeito Enock, conforme provas apresentadas; falta de repasses do pagamento da previdência que é descontado na folha de pagamento do funcionalismo público e que já gerou multa de 2 milhões de reais à prefeitura. Também foi denunciado uma farra no pagamento de diárias à funcionários do alto escalão, o que faz dobrar seus salários, e também gratificações para servidores, que devolvem parte a seus “chefes”.

Os vereadores Adonias Félix (líder do prefeito) e Valdemir Soares, chegaram a usar a tribuna para apresentar o repúdio, e disseram sentir envergonhados pelo fato da Câmara questionar sobre denúncia anônima. Diante do término repentino desta reunião ordinária da Câmara com a retirada dos vereadores aliados, o presidente Júnior Leonir nomeará através de decreto legislativo uma Comissão Especial de três vereadores para analisar o teor das acusações e apresentar um relatório sobre qual destino será dada à mesma.

O grupo político liderado por Reginaldo e Correinha foi o grande vencedor desta última eleição em Jaíba

RESULTADO dos Dep.
Estaduais votados em Jaíba
MAJORITÁRIOS em Jaíba: Rodrigo
de Castro e Paulo Guedes

A eleição que aconteceu no último dia 05 de outubro nesta cidade, assim como nas demais, serviu como termômetro para medir o potencial de cada liderança política no sentido de mostrar sua força junto ao eleitorado e perante o governo estadual e federal.
O grupo liderado pelo empresário e produtor rural Reginaldo Silva, apesar de trabalhar com uma campanha modesta e de baixo custo, teve uma grande aceitação por parte do eleitorado, e mesmo pertencendo a um grupo oposicionista conseguiu eleger os deputados majoritários do município na esfera federal Rodrigo de Castro (2º mais votado do estado) e estadual Paulo Guedes (o mais votado do estado). A atual administração municipal, apesar da grande estrutura montada, mostrou um resultado bastante tímido.
Conforme dados do Tribunal Eleitoral, houve uma grande pulverização dos votos de Jaíba, resultando na apuração, variados nomes até mesmo desconhecidos pela maioria da população. Houve também muitos faltosos, indicando um baixo número de votos válidos nas 68 seções do município. Vejam os dados:
Deputado Estadual
170 nomes diferentes foram votados em Jaíba, dos quais, 47 eleitos e 123 não eleitos. Do número total de eleitores cadastrados que é 22.895, compareceram nas urnas 17.724, de onde foram aproveitados apenas 16.156 votos válidos, com 5.171 abstenções, 1.012 votos brancos, 566 votos nulos, 14.260 votos nominais (no candidato), e 1.896 votos de legenda (no partido).
Deputado Federal
183 candidatos também receberam votos dos jaibenses, dos quais, 49 eleitos e 134 não eleitos. Do número total de eleitores cadastrados que é 22.895, compareceram nas urnas 17.724, de onde foram aproveitados apenas 16.152 votos válidos, com 5.171 abstenções, 1.006 votos brancos, 566 votos nulos, 14.884 votos nominais (no candidato), e 1.268 votos de legenda (no partido).
Os mais votados em Jaíba - Deputado Estadual
Paulo Guedes 5.367 – Gil Pereira 1.657 – Tadeuzinho 1.117 – Luiz Henrique 1.053 (não eleito) - Arnaldo 716 – Arlen Santiago 617 – Ana Maria 598 (não eleita) - Rogério Correia 421 – Missionário Márcio 384 – Cristiano Silveira 305 – Anderson Miranda 271 (não eleito) - Roberto Andrade 191 – Dr. Wilson Batista 168 – Jair Digregório 151 (não eleito).
Os mais votados em Jaíba - Deputado Federal
Rodrigo de Castro 3.625 – José Silva 2.814 – Marcelo Aro 1.742 – Luis Tibé 835 – Reginaldo Lopes 759 – Ademir Camilo 631 (não eleito) - Raquel Muniz 628 – Gabriel Guimarães 590 – Vilson da Fetaemg 384 (não eleito) – Pastor Franklin Lima 363 (não eleito) - Padre João 341 – Eros Biondini 286 -  Rômulo Veneroso 203 (não eleito) – Humberto Souto 139 (não eleito) – Marcio Nobre 126 (não eleito) – Pedro Zacarias 105 (não eleito).
Para Presidente da República, a candidata Dilma obteve 13.007 votos, Aécio Neves 2.218 e Marina Silva 1.230.
Para o governo de Minas, o eleito Fernando Pimentel obteve 13.143 votos, Pimenta da Veiga 2.294 e Tarcísio Delgado 165.

Para o cargo de senador, o eleito Antônio Anastasia obteve 2.682 e o não eleito Josué Alencar 11.498.