terça-feira, 19 de setembro de 2017

Governo Federal bloqueia mais de 6 mil contas do programa Bolsa Família sob suspeita em Jaíba

Bolsistas que estão na legalidade atualizam cadastro, desbloqueia e voltam a receber normalmente
O Governo Federal vem fazendo uma devassa nos municípios brasileiros, inclusive com a participação da Polícia Federal para atuar no recebimento ilegal do programa que é destinado aos mais carentes. O cancelamento ou bloqueio do benefício sob suspeita é feito de forma automática no comando em Brasília DF e não depende da administração municipal.
Este ano de 2017 no município de Jaíba já foram realizados dois bloqueios de participantes do Bolsa Família, sendo 2.337 no mês de março e 3.789 no mês de junho. O mais curioso é que muitos que tiveram o benefício cortado nem sequer procurou a Secretaria Municipal de Assistência Social para efetuar a atualização cadastral para ter o benefício restabelecido. Quem atualiza o cadastro, recebe inclusive o valor retroativo pelo tempo bloqueado.
Dos 2.337 bloqueios realizados no mês de março deste ano, 700 foram extintos definitivamente, por estarem totalmente irregulares. A pessoa que teve o benefício bloqueado poderá procurar o Centro de Referencia de Assistência Social CRAS em Jaíba, na mesma Avenida da Prefeitura. Muitos cadastros que já foram atualizados ainda estão passando por fase de averiguação.
Existe a suspeita de fraudes na participação do Programa, pois o mesmo para ser aprovado necessita passar pelo Cadastro Único onde faz um cruzamento de dados do participante, que não pode ter veículo em seu nome, não pode ter empresa, não pode trabalhar contratado ou efetivo com renda superior a 170 reais/mês por pessoa no domicílio, além da visita domiciliar do agente municipal da Assistência Social. O beneficiário pode ser solteiro desde que não ultrapasse a renda mínima per capita de 170 reais, se casado, cruza dados do cônjuge. Além de manter a frequência escolar dos filhos e a caderneta de vacinação devidamente atualizada.

O setor de cadastros do Bolsa Família informa que, com a retirada dos bolsistas ilegais sobram muitas vagas para pessoas que realmente necessitam do benefício e que as portas estão abertas para novos cadastramentos de pessoas que realmente atendem os requisitos básicos e se enquadram no perfil.

Jovem jaibense realizará sonho de publicar seu primeiro livro

A ESCRITORA Ingrid Lorena
Ingrid Lorena, 16 anos, é uma jovem estudante que estuda na Escola Clara Menezes Dias, está cursando o segundo ano do Ensino Médio, mora no bairro Veredas com sua mãe e irmãos, e apesar da sua vida simples de carência financeira, mantém vivo um grande sonho e muito louvável para sua pouca idade que é ver publicado seu primeiro livro. Conforme explicou a diretora da sua escola, trata-se de uma menina exemplar que mantém o bom gosto pela leitura e bastante atenciosa e dedicada aos estudos, daí o apoio incondicional da escola e toda equipe docente para o grande e belo projeto literário de Ingrid Lorena.
A obra que tem o título de “Traços e Contornos” já está em fase bastante adiantada, conta com 187 páginas já devidamente digitalizadas e prontas para serem encaminhadas para a impressão gráfica. Necessitando ainda de patrocínios para custear os trabalhos que fica em torno de 3 mil reais. Através de rifas, a comunidade escolar já conseguiu arrecadar a metade deste valor, e a jovem escritora mantém bastante entusiasmo de ver em breve seu projeto devidamente concluído.
Chegou a ser feito um vídeo que está sendo circulado nas redes sociais mostrando um pequeno panorama de como será o conteúdo do livro da jovem Lorena. A Escola Clara Menezes Dias disponibilizou a ajudar e incentivar este projeto e colocou os telefones da escola à disposição de quem se prontificar a ajudar a custear os trabalhos da editora. Interessados podem ligar para os telefones 3833-1644 ou 99133-1634.

A jovem autora diz que trabalha há mais de um ano neste livro que fala de amor, relacionamento entre pais e filhos, e bipolaridade, que é um transtorno mental que também envolve o seio familiar. (Colaboração de Ruan Carlos).

Desfile da independência resgatou cultura que estava em decadência


Mais de duas mil pessoas foram envolvidas no último desfile da independência que aconteceu no último dia 06 de setembro na área central de Jaíba. Os organizadores tiveram a grande missão de resgatar um valor cultural que estava morrendo dentro do município e na comunidade escolar. Conforme vários comentários dos participantes do evento, a comemoração dos últimos anos vinha acontecendo de forma tímida.

A principal diferença deste ano, é que, além da classe estudantil, também participou do desfile grande parte da sociedade organizada como grupo de jovens, grupo da melhor idade, Apae, Ordem Demolay e outros.
A Secretaria Municipal de Educação ficou no comando do desfile, que montou de forma antecipada um minucioso projeto envolvendo todos os participantes, trazendo inclusive fanfarras de outro município, diante da carência local.
Os participantes
Escolas Estaduais: Zoé Machado, Timotéo Lisboa Guerra, Jose Santos da Paixao, Venceslau Bras, Guimarães Rosa, Augusto Martins, Pequenos Irrigantes, Núcleó Habitacional I, Dr. Carlos Antõnio Veloso Costa, Povoado Frente Três, Clara Menezes Dias.
Escolas Municipais: Marechal Floriano, Roque Cardoso dos Santos, Dom Bosco, Nova Esperança, Área C3, Área C3_Anexo 1, Profª. Rosangela da Silva Campos, Izidorio Alves, Cmei Michelle Beatriz, Cmei São Pedro.
Também participaram: Jovens/Mac, Unopar, Apae, Projeto Vida, Melhor Idade, Ordem Demolay.
“O desfile cívico deste ano teve como tema gerador: “Resgatando Valores esquecidos e defendendo o amor à Pátria” e Lema “É através da Educação e de Valores que construiremos uma Jaíba melhor”. A escolha deve-se a necessidade de resgatar os valores que norteiam toda a convivência humana, na busca de construir uma sociedade igualitária, alicerçadas em virtudes que possam crescer e ser vivenciada de geração em geração, tendo um olhar especial a nossa pátria que requer de nós jaibenses a prática do amor e respeito entre todos e com todos”. Conforme consta no projeto do desfile que contou com 26 Pelotões com variados temas e frases de efeito. Teve seis pontos de apresentação das balizas dentro do percurso do desfile.

Jaíba teve crescimento considerável na sua população em 2017 conforme o IBGE

No final do mês passado (dia 30), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE divulgou mais uma estimativa que estipula a população dos municípios brasileiros. O censo geral ou a contagem é realizado a cada dez anos e o último foi feito em 2010 e o próximo em 2020. Dos municípios Norte Mineiros, Jaíba foi um dos que apresentou maior crescimento. Conforme o IBGE o município jaibense apresentou um crescimento de 1,13% ou oito novos habitantes por semana de 2016 para 2017. Teve um aumento de 423 habitantes.
Por outro lado, em quatro municípios vizinhos foi constatada a redução do número de moradores. Essa diminuição de habitantes ocorreu em Mato Verde, Catuti, Monte Azul e Gameleiras.
A população dos principais municípios vizinhos de Jaíba ficou assim: Janaúba, 71.653; Porteirinha, 38.741; Jaíba, 37.939; Espinosa, 32.214; Monte Azul, 21.783; Mato Verde, 12.849; Matias Cardoso, 10.999; Riacho dos Machados, 9.672; Verdelândia, 9.220; Nova Porteirinha, 7.648; Mamonas, 6.624; Pai Pedro, 6.184; Gameleiras, 5.246; Catuti, 5.151 e Serranópolis de Minas, 4.769 moradores.

A população estimada/2017 em Jaíba ficou em 37.939. A população contada em 2010 foi de 33.587. Por outro lado a população de forma geral de Jaíba ultrapassa os 50 mil moradores, pois o IBGE não consta na sua somatória a população flutuante que é aquela que apenas trabalha em Jaíba e possui sua família em outras cidades.

Clube Campestre Rio Verde será reativado

Clube Campestre Rio Verde em breve estará com nova diretoria com o propósito de reativar seus trabalhos, proporcionando mais conforto e lazer aos seus associados e toda a comunidade jaibense. Neste final de mês terá nova eleição com chapa única de consenso.

CDL de Jaíba inaugura sua sede própria

Aconteceu no último dia 15 a festa de inauguração da sede própria da Câmara de Dirigentes Lojistas –CDL e Associação Comercial e Empresarial de Jaíba – ACE que contou com a presença de convidados de outras cidades e grande número de comerciantes e empresários locais. A entidade funcionava antes em prédio cedido pela prefeitura.
A CDL agrega 140 associados e tem como principal função, além de representar a classe empresarial, o serviço de proteção ao crédito –SPC, além de promover capacitação e desenvolvimento do comércio local, proporcionando campanhas promocionais, palestras e outros incentivos aos lojistas e empresários.
A festa de inauguração que contou com a presença do vice-presidente da Federação das CDLs, prestou uma justa homenagem ao fundador da CDL de Jaíba, Osmar Ouro Verde que em 2003 iniciou os primeiros trabalhos. O novo prédio que funciona na Avenida João Teixeira Filho, conta com duas salas e uma recepção e ainda está em fase de construção que terá um novo pavimento para auditório e sala de reunião.
A presidente Juliana Franciny informou que firmou parceria com o Sebrae no sentido de desenvolver um plano estratégico para o desenvolvimento do comércio local com ações que serão amplamente discutidas com todos os associados. O Sebrae já está fazendo um pré-diagnóstico com trinta empresas selecionadas de Jaíba para desenvolvimento deste plano.

A CDL está também montando a Sala Mineira do Empreendedorismo juntamente com a Prefeitura de Jaíba, Governo de Minas e Junta Comercial para atendimento específico aos empresários.

Artesanato de Jaíba é destaque mais uma vez em BH

A Secretaria de Cultura da Prefeitura de Jaíba continua incentivando o artesanato local. Dessa vez a exposição aconteceu na movimentada Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, em comemoração a Semana do Turismo e da feira "Venha Viver Minas Gerais". Este evento reúne todos os circuitos turísticos mineiros.
Uma parceria que tem rendido bons frutos para os artesãos do grupo Bananarte/ACAPJA e pelo grupo Mulheres de Fibra, e tem conseguido levar a cultura jaibense além dos limites do município e arrancado elogios por onde passa.

´´Estou muito feliz e orgulhoso com essa visibilidade que estamos tendo. Fico feliz em ver as pessoas elogiando a qualidade do artesanato desenvolvido em nossa cidade. Isso nos mostra que com força de vontade, conseguimos incentivar nossas práticas culturais, além de mostrar que Jaíba é um município rico e que tem muito mais para mostrar para Minas, para o Brasil e para o mundo”. Ressaltou o prefeito Reginaldo Silva, em visita à exposição nesta segunda semana deste mês de setembro.

Lista de beneficiados em Jaíba que se não recadastrarem até dezembro podem perder ganho de um salário mínimo mensal

Pede-se para quem conhecer alguém desta lista que faça a caridade de avisar. O prazo para o recadastramento é até dia 31 de dezembro deste ano no CRAS que funciona na mesma avenida da prefeitura. Trata-se do benefício do Governo Federal BPC – Benefício de Prestação Continuada, muito parecido com uma aposentadoria que é destinado à pessoas carentes que não podem prover seu sustento nem mesmo com a ajuda de familiares. Um salário mínimo mensal é destinado a idosos de no mínimo 65 anos ou deficientes de qualquer idade que são carentes..
A diferença deste benefício da aposentadoria é que não dá direito ao 13º salário e nem repassa aos herdeiros em caso de morte. E quem passa por extrema carência e não possui este benefício pode requerer. Eis a lista:
Adalberto olivio dos santos, Adelaidio virissimo da silva, Adelina maria cardoso, Alvino ribeiro de souza, Ana bela da costa urcino, Ana maria do nascimento, Ana santos veloso, Antonia pereira de jesus, Antonia soares rocha, Antonio dias santos, Antonio leles da silva, Armelina, Ataide cardoso siqueira, Auta bispo da silva, Avelino cardoso de jesus,
Beijamina maria de jesus, Benedito de moura vasconcelos, Bonifacio dantas de souza,
Carmen lucia ribeiro de figueiredo, Carmino alves de oliveira, Clarice monteiro, Coloniza rosa batista,
Dalvi lopes de oliveira, Damiao manoel de souza, Dante alves botelho, Dermival rodrigues santos, Dionizia rosa de oliveira,
Edgar bispo dos santos, Elpidia da costa lopes, Espedito pereira costa, Etelvina rosa de melo, Fernando da silva, Francisca paula da conceicao silva, Francisco ferreira da silva, Francisco mulato dos santos,
Galdino jose lopes, Genilda dias da silva, Geralda rodrigues de oliveira, Geraldo antonio da silva, Geraldo marques, Geraldo pereira de jesus, Geraldo vieira lima, Inacio pereira bispo, Izaltina alves da conceicao, Izaltina francisca borges,
Joana de souza dos santos, Joao alves rego, Joao batista clarino ataide, Joao pereira da silva, Joelisa rodrigues gomes, Jose alcides malaquias, Jose costa, Jose de jesus leite, Jose de souza lima, Jose goncalves, Jose luiz de souza, Jose pereira da silva, Jose pereira sobrinho, Jose rodrigues dos santos, Jovelina batista de oliveira, Jurai figueiredo de souza,
Leoncio barbosa braga, Leticia rodrigues da silva, Lidia alves de oliveira, Lindolfo pereira franco, Luiz saturnino da silva.
Manoel de souza alves, Manoel elias neto, Manoel lopes da silva, Margarida maria de jesus, Maria de lurdes batista de jesus, Maria do carmo goncalves da silva, Maria dos anjos da conceicao, Maria ferreira lima, Maria geralda da silva duraes, Maria lourdes de carvalho, Maria mendes rodrigues, Maria nadir neves barbosa, Maria pereira de jesus, Maria pereira dos santos, Maria rodrigues da costa, Maria terezinha silva, Marieta cardoso da silva, Minelvino fernandes boa sorte,

Nair alves da silva, Otaviana ferreira da silva, Otilia maria de jesus, Ozoria novata correia, Piracagi marques da silva, Sinval gomes de oliveira, Teofanes pereira da silva filho, Uelton francisco dos santos, Valdomiro barbosa, Vicente monteiro, Zemdi kikuti.

Safra 2017 tem cebola que não faz chorar

As lágrimas de quem corta cebola para cozinhar estão com os dias contados. A safra 2017, que está chegando aos mercados, tem uma novidade: uma variedade "que não faz chorar". Isso porque pesquisadores da multinacional alemã Bayer, após mais de 20 anos, conseguiram reduzir a quantidade de enxofre que é liberado quando a cebola é cortada e, em contato com os olhos, causa irritação e choro.
O processo de criação da nova variedade, chamada Dulciana, começou com a avaliação das diversas variedades de cebola disponíveis no mercado. Depois, as que tinham características desejadas - como mais açúcares, menos acidez e menos enxofre - foram selecionadas e, então, foi feito o cruzamento entre elas, para fazer o melhoramento genético.
Os agricultores que plantaram a nova variedade queriam ter em mãos um produto diferenciado.
O coordenador da Câmara Setorial de Cebola da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina, Daniel Schmitt, diz que cebolas menos ácidas têm espaço nos Estados Unidos. Lá,

nos anos 1980, o consumo do alimento caía entre jovens e crianças. Então, pesquisadores selecionaram variedades mais suaves, que tiveram boa aceitação e alavancaram o consumo.

Calcinha absorvente já é fabricada no Brasil

A calcinha absorvente se tornou mais conhecida no Brasil em novembro de 2016, quando a chef Bela Gil contou que as usava no lugar de absorventes comuns e coletores menstruais. Na época, ela contou que comprava a roupa íntima no exterior.
Agora, foi lançada a primeira marca brasileira especializada no produto, a Pantys, que produz calcinhas com tecido antimicrobiano com bloqueador de odores. Ela possui apenas 1/3 da espessura de um absorvente padrão, absorve o equivalente a dois absorventes externos, é reutilizável, pode ser lavada na máquina e dura até dois anos. A recomendação é de usá-la de 6 a 10 horas, nos dias de fluxo intenso, e o dia todo nos dias de fluxo leve.
Uma das bandeiras que a marca levanta é a da sustentabilidade. É estimado que, durante a vida, as mulheres tenham cerca de 450 ciclos menstruais, descartando 150 quilos de absorventes. Com as calcinhas, o lixo gerado é reduzido drasticamente.

A Pantys lançou quatro modelos de calcinhas - tanga, biquíni, clássica e hot pant - com preços que variam de R$ 75 a R$ 95 no site da marca.

Cronograma de pagamento de boletos vencidos em qualquer banco

Desde o último dia 11 deste mês de setembro, boleto vencido, igual ou maior que 2 mil reais, pode ser pago em banco. O consumidor que tiver boletos com valor igual ou maior que R$ 2.000 poderá pagá-los depois da data de vencimento a partir do dia 11, em qualquer banco, via internet e celular.
A nova norma estabelecida pela Federação Brasileira de Bancos começou a valer em 10 de julho deste ano, mas, até então, somente para documentos superiores a R$ 50 mil.
A implantação do novo sistema segue um cronograma: a partir de 10 de julho, para boletos acima de R$ 50 mil; 11 de setembro, superior a R$ 2 mil; 13 de novembro, acima de R$ 200; e em 11 de dezembro, todos os boletos.

A Federação de Bancos acredita que, com a nova medida, irá reduzir uma série de operações fraudulentas e rastrear o dinheiro, prevenindo crimes de lavagem de cédulas e corrupção, por exemplo.

Pesquisa aponta horário ideal para fazer sexo

Existem pesquisas para todo gosto e todo tipo de público. Difícil mesmo é certificar a veracidade dos resultados. Desta vez a imprensa internacional traz um estudo “científico” que aponta o horário ideal para fazer sexo com maior aproveito.
Esta pesquisa foi realizada por uma marca de suplemento alimentar com mil pessoas. E o horário descoberto ou definido é bem cedo: 7h30 minutos.  Segundo os pesquisadores, após uma noite bem dormida, a energia de homens e mulheres está mais elevada e o desempenho sexual tende a melhorar nesse horário.
Pela manhã, de acordo com a marca inglesa de produtos alimentícios Forza Supplements, a disposição é maior, porque vários hormônios estão atuando, especialmente a testosterona.

Especialistas dizem, no entanto, que outros fatores devem ser levados em consideração, como por exemplo, o horário em que o casal costuma dormir. Se dormirem muito tarde, a tendência é a de que não estejam preparados para fazer sexo às 7h30 e sim mais tarde um pouco.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Jaibense Ingrid Lorena – Miss Minas Gerais

Conforme nos informou Vanelle Fonseca, a coordenadora do evento Miss Teen, a jaibense Ingrid Lorena, filha do mecânico Dezoito e Iracema detém o título de Miss Minas Gerais Teen Universe-  Região Norte Mineira 2017.
Ingrid participou do concurso Miss Minas Gerais Teen Universe 2017 e conquistou o título Regional Norte e agora se prepara para representar a nossa região em Campo Grande-MS. O concurso Miss Brasil Teen Universe é reconhecido como a segunda maior franquia de concursos do país, sendo dotado  de uma estrutura ímpar e espetacular, reconhecida e aclamada mundialmente.
Neste ano o concurso será realizado entre os dias 15 a 18 de Dezembro e a vencedora disputará o concurso em nível internacional na Costa Rica em 2018. Ingrid possui uma beleza única, simpatia inigualável e princípios verdadeiros, sendo uma forte candidata ao título.

Nossa querida e bela Miss vem  sendo preparada, assessorada e acompanhada  pelas coordenadoras estaduais Vanelle Fonseca e Rafaela Ornelas,  assim como assessoria de Cláudia Mendes.

Novos formandos

No dia 26 de Agosto de 2017 acontecerá no centro de eventos em Jaíba a colação de grau do curso de Ciências Contábeis desses novos profissionais: Carla Janaína Santos, Icaro Iury Cunha, Leika Mutielly Borges Melo, Lilha Patrícia Cardoso da Silva e Maria Sueli Teixeira Silva.
Após obter o CRC (Conselho Regional de Contabilidade), poderão exercer a profissão no mercado de trabalho. Parabéns aos Novos Contadores!

Linha de voo diário do Projeto Jaíba a Montes Claros será suspenso

O programa de voos no Território Norte de Minas, que conectava os municípios de Montes Claros, Salinas e Jaíba, não apresentou procura e média de ocupação suficiente para manutenção do projeto nas localidades e será suspenso.
O atendimento do Voe Minas Gerais está sendo redirecionado às cidades que apresentaram maior demanda por serviço aéreo nas fases anteriores do projeto. Porém, o Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop), dá início à quarta fase do Voe Minas Gerais, Projeto de Integração Regional – Modal Aéreo.
Desde o início deste mês, duas novas cidades passam a receber voos para o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte: Salinas, no Norte de Minas, e Paracatu. O projeto também retorna ao município de Patos de Minas, já atendido em fases anteriores. Outra novidade da fase é que Teófilo Otoni, destino mais procurado no projeto, terá voos diretos para Belo Horizonte todos os dias, de segunda a sexta-feira.
Paracatu, no Noroeste do Estado, é um importante polo de mineração e de produção agropecuária. A cidade de Salinas, notória pela fabricação de cachaças, terá voos de acesso à Capital e a Araçuaí, conectando o Vale do Jequitinhonha e o Norte de Minas Gerais. A rota de Patos de Minas havia sido suspensa em junho deste ano devido ao início do fornecimento do serviço na cidade por uma empresa privada. Descontinuada a atividade da iniciativa privada, a operação na rota, que havia apresentado bons resultados anteriormente, foi restabelecida pelo Voe Minas Gerais.
Os 18 municípios atendidos na quarta fase são: Almenara, Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Diamantina, Juiz de Fora, Manhuaçu, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Salinas, São João Del-Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa. O Voe Minas Gerais é uma iniciativa de fomento ao transporte aéreo regional, que tem como fundamento a flexibilidade das rotas, que são desenvolvidas e adaptadas para atender às demandas locais.
O Voe Minas Gerais foi lançado em agosto de 2016, ligando 12 cidades mineiras ao Aeroporto da Pampulha, na capital. Em novembro do ano passado, outras cinco cidades foram incluídas às rotas, que passaram a ter, além de voos diretos para Belo Horizonte, opções de escala, com voos que ligam os municípios do interior entre si. Em junho deste ano, o projeto iniciou sua terceira fase, ampliando a atuação no Vale do Jequitinhonha e chegando ao Norte do Estado. Os voos são realizados em aeronaves Cessna Grand Caravan 208 B, que transportam até nove passageiros. O valor das passagens varia de R$ 130 a R$ 700, de acordo com a distância percorrida.
O projeto busca fomentar os negócios locais, desenvolver o turismo, integrar as diversas regiões do estado e facilitar o deslocamento de moradores do interior para Belo Horizonte, permitindo que tenham acesso rápido a eventos e serviços disponíveis na capital.
Para Minas Gerais, que possui uma área total de quase 600 mil quilômetros quadrados, o investimento na regionalização por meio do transporte aéreo é estratégico para atender a meta de redução das desigualdades nos 17 territórios de desenvolvimento estabelecidos pelo Governo do Estado.

Segundo informações da Secretaria Nacional de Aviação Civil (Anac), Minas Gerais conta com 86 aeródromos públicos. A administração, a manutenção e a exploração dos aeródromos públicos são atribuições da União. A Setop vem trabalhando em processos de delegação União-Estado, possibilitando investimentos do Governo Estadual em reformas, melhorias e posterior delegação aos municípios ou empresas, para operação e manutenção.